18 de jan de 2019

Poesia: Compartilhados





























Compartilhados

Pode-se viver toda uma vida
Num instinto sem sentido,
Procurando algo que perdido
Não sabemos se real existe.
Somos com isso fragmentados 
Onde em simples desencontros
Ficamos todavia desorientados.
Contudo, assim vivenciamos
Nosso propósito mais concreto,
Que se não nos dividirmos
Jamais estaremos completos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com





27 de dez de 2018

Poesia: Ondas




FELIZ 2019!!!!! Desejo um Ano Novo completo de muitas realizações! Que sejamos Ondas límpidas na vida das pessoas que amamos... Que seja um Ano de muita Paz, Amor, Prosperidade, Sucesso e muita Saúde!!!!!
Dia 17/01/2019 retomo as publicações!
Obrigado meus leitores e amigos queridos!






























Ondas

Somos como ondas,
Do ar, do mar, da vida,
De tudo que está por perto.
É uma chegada, uma partida.
Gigante e incontrolável onda, 
Que em tudo em nós se soma,
Passível de muitos excessos
Ao que se retém certo,
Em nosso simples regresso.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com




17 de dez de 2018

Poesia: Toda Perfeita





















Toda Perfeita

Ela é assim, toda cheia de si,
Contudo ainda modesta.
Concorda com o que quer
E jamais se engana,
Pois sempre está certa.
Faz tudo o que pensa
E não é de dar satisfação.
E da sua maior perfeição,
É sendo sempre ela mesma.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com






12 de dez de 2018

Poesia: Olhar Estrábico





























Olhar Estrábico

O medo de direto olhar
É talvez um confirmar
De enxergar camuflagens
Onde antes não se via.
Por isso dispersa os olhos
Em outras avenidas,
Poupando o coração
De caminhar para uma
Outra qualquer desilusão.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com






7 de dez de 2018

Poesia: Caos























Caos

Por vezes do caos
Vem a harmonia,
Da dissonância
Uma linda melodia,
Pois nem tudo que é
Entendido assim
Como anormal,
Pode ser ruim.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com




6 de dez de 2018

Poesia: Dor da Mágoa

















Dor da Mágoa

A dor da mágoa
Não passa tão facilmente.
Não se escondem as cicatrizes.
São muitos de tantos planos
Prematuramente ceifados
Pelas raízes.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com





5 de dez de 2018

Poesia: Empoderamento




























Empoderamento

Não está na minha pele,
Não está na minha cor,
Nem no tipo de meu cabelo,
Nem na cor do meu batom.
Não está nas roupas que eu uso,
Por isso não aceito estes abusos
Ou qualquer forma de me julgar.
É absurdo se importar com o que eu visto,
Prender-se a fofocas ou rodas de buchichos.
O errado é viver somente nesses preconceitos, 
E nisso o meu empoderamento,
Não está tão pouco em lutar por poder,
Mas sim por toda forma de respeito.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com




3 de dez de 2018

Poesia: A Trouxa




























A Trouxa 

Claro que não é gostar de ser trouxa,
Mas quando vejo seus lábios entreabertos,
Não fica nada fácil resistir sua boca.
Mesmo tentando me convencer com suas desculpas,
Muito certa das coisas que me engana,
Sempre dos seus lábios leio que me ama.
É algo não só de carne, mas de alma, 
Incondicional em mim este sentimento todavia se acalma.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com






27 de nov de 2018

Poesia: Falta de Entendimento




























Falta de Entendimento

É nesta presente falta de ar
Que passamos sempre a viver, 
Quase como um sentimento
De vazio sufocando o peito, 
Isso até enquanto por angústia ou medo, 
A falta do entendimento de nós mesmos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com





26 de nov de 2018

Poesia: Estupidez

























Estupidez

Assim que ele faz,
É assim que sempre fez,
Mas a sua estupidez
Jamais abriu os olhos
De ninguém.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com



23 de nov de 2018

Poesia: O Poder






























O Poder

Tenho forças nas mãos,
Persuasão na mente,
Carisma no coração.
Contudo, sobriedade é necessário,
Pois o poder não é nada inocente.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com






21 de nov de 2018

Poesia: Voracidade



















Voracidade

Só ele que chega tão veloz
Dentro de mim,
Como que se assim
Chegasse antes de tudo,
Que pudesse eu sentir.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com