28 de set de 2016

Poesia: Cara de Pau












Cara de Pau

Tem gente que é
Muito cara de pau.
Não vale nada, e ainda,
Quer troco no final.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.









19 de set de 2016

Poesia: Amor Real

















Amor Real

A realidade para os corações
Apaixonadamente plenos,
Levar consigo uma pequena dose
De um pouco de saboroso veneno.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

16 de set de 2016

Poesia: Melodia do Amor


























Melodia do Amor

O meu Amor com música combina,
Tocada lírica por harpas de anjos. 
Vem e me leva às nuvens em melodia
Descompassada ao sentir o seu canto.

Entorpece-me em todos meus cinco sentidos 
Em harmonia sutilmente desestruturada
Que revive em mim o amor antes ferido.
Estar com você é não me faltar mais nada.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.



5 de set de 2016

Poesia: Mais Poesia



























Mais Poesia

O mundo precisa de mais poesia.
Viver com muito mais romantismo,
Com isso evitar conflitos no dia a dia
E do amor pleno o seu banalismo.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






1 de set de 2016

Poesia: Erros de Interpretação



























Erros de Interpretação

Estão presentes desde a raiz
Do entendimento humano,
Falhas presunçosas e egoístas
Que nos cometem a enganos.

Falhas de interpretação
De coisas em nós fatídicas
Mas que as sentimos vivas
E reais no coração.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





29 de ago de 2016

Poesia: Ame-se Antes de Tudo

























Ame-se Antes de Tudo

É preciso muito antes de amar
Esquecer a auto piedade
E sair deste  invólucro.

Pensar na vida com a determinação
De ter no coração principalmente,
Muito Amor Próprio!

Jorge Jacinto da Silva Jr.
jorge.jacinto@gmail.com




17 de ago de 2016

Poesia: Conversa com o Cupido



















Conversa com o Cupido

O Cupido sempre foi meu amigo,
E comigo, trocou suas flechas
Para sentar numa boa conversa
E pacientemente me explicar:

Que o amor é algo tão completo.
Que sempre pleno está por perto
Quando estamos de coração aberto
Para entender no silêncio seu chegar.  

Que o amor é um grande encontro
Onde uma linda alegria vira encanto.
Sendo  a mais real de todas procuras
O Amor é o remédio que tudo cura.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





15 de ago de 2016

Poesia: Clareai

























Clareai

Claro clarear em mim.
Clareou minha mente,
Não assim tão somente.
Claro, mais raro sentir.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.




9 de ago de 2016

Poesia: Não É Normal!















Não É Normal!

Não há geração espontânea
Quando o assunto é a violência.
A sociedade viciada se engana
Neste pensar de incompetência.

Jorge Jacinto da Silva Jr.







Poesia: Vítima da Violência


























Vítima da Violência

Todavia, independente
Do agente gerador,
O violentado sempre será
Uma vítima do violentador.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






8 de ago de 2016

Poesia: Pouco Poeta

























Pouco Poeta

Todo mundo pode ser
Pouco poeta ou poetisa.
Não poupe seus versos,
E perfume o ar com poesia.

Jorge Jacinto da Silva Jr.


Poesia: Quando o Amor se Vai


























Quando o Amor se Vai

O Amor esmaeceu.
Parti com isso no momento
Em que meus sonhos
Antes perfeitos,
Não eram mais os seus.

Jorge Jacinto da Silva Jr.