17 de ago de 2016

Poesia: Conversa com o Cupido



















Conversa com o Cupido

O Cupido sempre foi meu amigo,
E comigo, trocou suas flechas
Para sentar numa boa conversa
E pacientemente me explicar:

Que o amor é algo tão completo.
Que sempre pleno está por perto
Quando estamos de coração aberto
Para entender no silêncio seu chegar.  

Que o amor é um grande encontro
Onde uma linda alegria vira encanto.
Sendo  a mais real de todas procuras
O Amor é o remédio que tudo cura.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





15 de ago de 2016

Poesia: Clareai

























Clareai

Claro clarear em mim.
Clareou minha mente,
Não assim tão somente.
Claro, mais raro sentir.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.




9 de ago de 2016

Poesia: Não É Normal!















Não É Normal!

Não há geração espontânea
Quando o assunto é a violência.
A sociedade viciada se engana
Neste pensar de incompetência.

Jorge Jacinto da Silva Jr.







Poesia: Vítima da Violência


























Vítima da Violência

Todavia, independente
Do agente gerador,
O violentado sempre será
Uma vítima do violentador.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






8 de ago de 2016

Poesia: Pouco Poeta

























Pouco Poeta

Todo mundo pode ser
Pouco poeta ou poetisa.
Não poupe seus versos,
E perfume o ar com poesia.

Jorge Jacinto da Silva Jr.


Poesia: Quando o Amor se Vai


























Quando o Amor se Vai

O Amor esmaeceu.
Parti com isso no momento
Em que meus sonhos
Antes perfeitos,
Não eram mais os seus.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





1 de ago de 2016

Poesia: O Grande Desafio

























O Grande Desafio

Não deveríamos aqui nos acorrentar
Às coisas materiais aos sentimentos. 
O tempo obriga a este desprendimento,
E este se faz o maior dos nossos desafios.
Nos apegar não às sandálias que usamos,
Mas às minúcias deste efêmero caminho.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






27 de jul de 2016

Poesia: Medo do Tempo



























Medo do Tempo 

De hoje eu só tenho medo do tempo,
E o responsabilizo por todos seus atos.
É da vida mentor de tantos atrasos.
Não há fuga de sermos seus escravos .

Jorge Jacinto da Silva Jr.

25 de jul de 2016

Poesia: Na Vida






















Na Vida...

Pressa pra quê?
Se será a mesma distância
Para aqui se percorrer.

Jorge Jacinto da Silva Jr.









22 de jul de 2016

Poesia: Inconformado


























Inconformado

Não acredito em nada
Que me venha de você,
Nem mesmo esta olhar
De desprezo e desdém.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








7 de jul de 2016

Poesia: Reconstruir a Vida






















Reconstruir a Vida

Na vida sempre é preciso
Erguer a cabeça e seguir!
Juntar cacos e poucos pedaços pra quê?
Se podemos em nós tudo reconstruir.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





6 de jul de 2016

Poesia: Estrela


























Estrela 

Cintilante baila nua no céu.
O universo é seu abrigo,
Onde dormem meus sonhos 
Vizinhos ao infinito.

Jorge Jacinto da Silva Jr.