17 de dez de 2015

Poesia: Paz em Mim

PAZ EM MIM



















Paz em Mim 

Tento assim buscar a paz 
E o entendimento em mim
De uma forma não arbitrária.
Talvez assim, evitar tantas batalhas 
Covardemente desnecessárias. 

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Poesia: Definir Amar














Definir Amar

Definir o que é realmente Amar,
Isso foge de nossa competência.
O amor, poderia ter até explicação
E perder-se em limites sua essência.

Jorge Jacinto da Silva Jr.












15 de dez de 2015

Poesia: Planta Carnívora















Planta Carnívora

Se for para resolver, 
Se aborreça !!!
Melhor assim cortar
O mal pela raiz,
Antes que a Plantinha 
Carnívora cresça.

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Poesia: Minha Outra Metade












Minha Outra Metade

Seus suaves beijos,
São minhas vontades
Em forma de desejos
De minha outra metade.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






14 de dez de 2015

Poesia: Desequilíbrio Emocional
























Desequilíbrio Emocional

São tantas vezes lembranças,
Sentimentos fortes, cobranças.
Que chorar pode nos fazer bem.

O emocional mexe muito com a gente
Por isso devemos colocar para fora,
Soltar o que tudo de mal que nos prende.

Jorge Jacinto da Silva Jr.