27 de dez de 2013

Poesia: TEMPO BANDIDO


















Tempo   Bandido 

O tempo sempre nos rouba
Ainda que algumas peças de roupa
Que não nos servem mais

Escraviza os propósitos
Do pensar comodista notório
Que vive de percalços acidentais

Poupa somente o despertar partido
Este é o motivo do tempo ser bandido
Por levar nossa vida em segundos

Mas convenhamos, que nesta jornada 
Tempo não é problema para nada
Mas sua falta, desculpa para tudo.


Jorge Jacinto da Silva Jr.






26 de dez de 2013

Poesia: Caminhar com as Próprias Pernas




















Caminhar com as Próprias Pernas

Tem uma hora,
E a maioria do tempo,
Que é preciso caminhar o agora
Sem render-se a lamentos.
Caminhar com suas próprias pernas
E tomar suas íntimas decisões,
pois as chances não são eternas.
Eis a lição!

Jorge Jacinto da Silva Jr.


Poesia: Busca de Ar














Busca de Ar

Percebe-se que o ar
Não é mais apenas ar
Tem agora seu perfume
Agora sinto-me imune
A qualquer tipo
de infelicidade.


Jorge Jacinto da Silva Jr.