7 de out de 2016

Poesia: Espiritualidade












Espiritualidade

Essencialmente primordial.
Fortalece-me por dentro,
Porque por fora eu aguento.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





6 de out de 2016

Poesia: Noturno
























Noturno

Bailo entre nuvens
Calo-me  no seu beijo
Iluminado por vaga-lumes.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








4 de out de 2016

Poesia: Brasil Mostra Sua Cara (Acróstico)





















Brasil Mostra Sua Cara (Acróstico) 

Brasil ó Pátria assim amada de belezas mil.
Reclame-se por suas reais necessidades,
Antes que o brilho desta vontade se apague,
Sufocado pelos risos de deboche desta gente agora inquieta
Incomodada por suas mentiras a serem aos poucos descobertas,
Levadas nas costas do povo com uma vida nada modesta.

Mostra Brasil com braços fortes sua garra.
O que seus cidadãos gritam em voz alta no presente,
Se faz nas urnas, nas ruas e na vida da gente.
Transformar o hoje é nossa responsabilidade.
Reconhecer que vive em nós todas as nossas chances de
Aprender a reivindicar nossos direitos como verdade.

Sabemos Brasil o caminho certo para isso.
Unir-se para fortalecer mudanças provocantes,
Assim tornarmos realmente renascido gigante.

Com passos largos e sempre determinados
Alcançando um caminhar firme seguindo em frente
Reescrevendo uma geração mais consciente e viril
Apta a recriar uma nova história para um Novo Brasil

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Poesia: Criança Desamparada


















Criança Desamparada

Sou criança, sou menino
A procura de um sorriso
Em tudo busca do calor
E carinho de um ombro amigo

Sou criança, sou menino
Que te procura em vão
Por todas as partes
E por todos os caminhos

Sou criança, sou menino
Que muito ama...
E hoje chora
Por estar sozinho.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





3 de out de 2016

Poesia: Alimento da Alma
















Alimento da Alma

Aproveitar mais as coisas
Boas de nossa vida.
E nesta verdade,
Degustar com prazer
O que nos alimenta
A Felicidade.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Poesia: A Viagem




















A Viagem

Viajei por muitos lugares do mundo.
Aprendi com passar do tempo que no fundo,
O melhor de todos os lugares é meu coração aqui!

Onde procuro pouco e encontro nos amigos,
Doces olhares graciosos de real carinho,
Que me dão motivos para sempre sorrir.

Tive sim, na vida muitas perdas irreparáveis.
Mas jamais deixei de acreditar na pura verdade,
Que podem ser fortes as pessoas sensatas.

Sempre cultivando esta razão otimista.
Pintando, cantando, exercendo meu lado artista,
Porque não paro para pedir carona em nada.

Plantei minha presença em muitos lugares...
Encontrei alegria dentre tantos olhares,
Redescobri no céu estrelado um tesouro valioso.

Senti a emoção em meu coração... sentimento fantástico
Onde cultivo o verdadeiro entusiasmo 
De viver a vida como um milagre maravilhoso.

Jorge Jacinto da Silva Jr