3 de fev de 2011

Poesia: Sem o Seu Amor




Sem o Seu Amor

Sem o seu Amor sou
Espelho sem reflexo
Amor sem sexo
Vida sem razão

Sem o seu Amor sou
Um sem nome
Vazio de fome
Grito na escuridão

Sem o seu Amor sou
Onda que vai e não vem
Choro reprimido de alguém
Sou uma vida de saudade

Sem o seu Amor
Não sou nada
Não tenho chão
Não vejo estrada

Sem o seu Amor
Não sou ninguém.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior



COMENTÁRIO DO AUTOR

Este é um poema também mais ou menos dos antigos. Não tenho certeza porque possuo o péssimo hábito de não colocar datas em minhas escritas. Mas lembro que, quis formatá-lo de um jeito simples e de muito fácil entendimento. Muitas vezes nós poetas gostamos de complicar os sentimentos para entendê-los por diversos prismas, mas este com certeza não foi o caso.

Abraços,
Jorge.


CARTÃO POESIA
(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)