11 de dez de 2015

Poesia: Prisão da Saudade













Prisão  da  Saudade

Leve... Bem leve... Levíssima.
Que assim se entenda!
A saudade pode ter asas,
não necessariamente,
âncoras ou algemas.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

9 de dez de 2015

Poesia: Feito Mágica















Feito Mágica

É dos corações
Uma obra enigmática.
Como pode o amor
Em toda sua plenitude
Um dia não ser imune
E desaparecer feito mágica?

Jorge Jacinto da Silva Jr.



8 de dez de 2015

Poesia: Amor e Saudade














Amor e Saudade

Vivemos inquietos esta verdade.
Assim que nasce o amor, 
nasce com ele a saudade.

Jorge Jacinto da Silva Jr.