7 de ago de 2015

Poesia: Política












Política

Prudência com a Política,
Pois esta é uma arte
Que encanta e domina.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






6 de ago de 2015

Poesia: Ser Diferente






















Ser Diferente...

Se as referências para ser diferente
É não ser igual a maioria,
Sou então com certeza,
Uma aberração da natureza.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








5 de ago de 2015

Poesia: Verdade de Caráter

















Verdade de Caráter

Seu mau cheiro vem
De sua falta de caráter.
Talvez falte-lhe na vida
O Perfume da Verdade.

Jorge Jacinto da Silva Jr.









Poesia: Ressentimento













Ressentimento

Sentimento que retorna.
Ressurge da mágoa,
Morre em seus braços.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








3 de ago de 2015

Poesia: Solidão





















Solidão

Solidão é um assunto
Que domino,
Até certo ponto
Combino.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








Poesia: Relacionamentos Imprevistos













Relacionamentos Imprevistos

Suas constantes imprevisões
Inquietavam meu coração,
E acabou com o sentimentos
Que nos mantinha, A Rotina.

Jorge Jacinto da Silva Jr.













Poesia: Quanto aos Sentimentos

























Quanto aos Sentimentos

É preciso medir o instante
Se precisas de intensidade ou calmaria,
ao saber o momento certo de se atirar.

É algo parecido
A um surfista esperando
Pela melhor onda...

Há aquele instante exato de emoção forte
Se for antes vira marola...
Se depois, vira pacote!

Jorge Jacinto da Silva Jr.












Poesia: Chuva de Amor




















Chuva de Amor

Que chova amor em pedaços,
E ocupe o vazio sem vida
De todos meus espaços.

Jorge Jacinto da Silva Jr.