11 de nov de 2016

Poesia: Pensamentos Confusos















Pensamentos confusos

Com Serenidade e Paciência, 
Tudo vai se encaixando
Em nossa cabeça.
Por mais bagunçada
Que muitas vezes pareça.

Jorge Jacinto da Silva Jr.







10 de nov de 2016

Poesia: Mais Zen

























Mais Zen

Devemos viver a vida mais controlados
Sossegados como deitados em plumas
Trocar as duras calçadas ferraduras
Por confortáveis e macias pantufas.

Jorge Jacinto da Silva Jr.









9 de nov de 2016

Poesia: Dias Iguais a Noites


















Dias Iguais a Noites

Tem dias que são tão somente
A escuridão de sua ausência
Como se fosse uma competência
De fato fácil para se resolver

E nada me acalma essa agitação
De um dia passar tão longo
E a noite ser tão bruscamente
Cortada por sonhos com você.

Jorge Jacinto da Silva Jr.









7 de nov de 2016

Poesia: Sentença


















Sentença

Como sentença,
Vivo a saudade
Sem ter convivido
Com a presença.

Jorge Jacinto da Silva Jr.