30 de jul de 2012

Poesia: A Força de uma Mulher




A Força de uma Mulher

Como eu posso te imaginar diferente,
Se hoje sinto você em cada pensamento.
Percebo você como uma sombra presente
A ponto de me fazer parar no tempo.

Imagino você imóvel me observando...
Tentando falar o que eu sempre da sua boca quis ouvir,
Que toda esta minha cruel espera está acabando
E a flor de minha felicidade estará novamente a florir.

Veja que meus secretos desejos não são complicados...
Só preciso da chance para te mostrar uma mulher de verdade
Que faz o impossível para estar ao seu lado,
E que te ama com a mais profunda sinceridade.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior



"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite".
Clarice Lispector



 Cartão de Poesia
(clique na imagem para ampliar)