10 de mai de 2013

Poesia: Álbum de Fotografias





Album de Fotografias
 
Imagens pintadas
Na linha do tempo,
Telas à óleo trabalhadas
No ateliê de meus pensamentos.
 
Trazem à memória
Um breve ar de nostalgia.
São as mesmas cores da trajetória
Dos amores que me valiam.
 
Neste regresso ilusório
Volto a ser criança,
Porque são em fotos
Que aqui o tempo descansa.

Jorge Jacinto da Silva Junior

9 de mai de 2013

Poesia: Ausência em Mim






Ausência em mim

Sinto falta de algo bom em mim.
Algo que me deixe mais esperto, enfim,
Diferente deste vazio sombrio mal-acabado.

Algo que meu peito aperta.
Grito alto que me desperta,
Para quem sabe encontrar-me calado.

Algo concreto como cimento.
Longe de um olhar ciumento
Vivo um pouco mais feliz.

A Ausência em mim é alimento,
Das milhões tentativas acertar no sentimento.
Contudo, a ausência não é tão ruim assim.

Jorge Jacinto da Silva Junior

8 de mai de 2013











A PORTA CORRETA

O Amor abre muitas janelas...
Deixa a luz do sol entrar
Para iluminar e acalmar a espera,
Da escolha da porta correta.

Jorge Jacinto da Silva Junior

6 de mai de 2013

Poesia: A Rosa













A Rosa

Vermelha de tudo!
Rosa flor gótica.
Espinhos verdes
Ainda esperam,
Outras dores do mundo,
Por ficarem maduros.

Jorge Jacinto da Silva Junior