3 de jul de 2015

Poesia: Quem Ama Cuida











Quem Ama Cuida

Quem ama cuida.
Quem cuida entende.
Quem entende não se prende,
A inúteis perguntas.

Jorge Jacinto da Silva Jr.













Poesia: Tinha que ser Assim


















Tinha que ser Assim

Tinha que ser sem propósitos...
Algo maravilhosamente real
Para que fosse sincero.

Veio como uma intensa onda...
Inundou meus pensamentos
O imaginar de sua presença.

Tinha que ser assim difícil...
Para que o fracasso não se resuma
Na falta de não ter persistido.

Jorge Jacinto da Silva Jr.










Poesia: Poder do Pensamento












Poder do Pensamento

Pensar não custa nada,
Todavia, constroem
Muros ou Estradas.

Jorge Jacinto da Silva Jr.











2 de jul de 2015

Poesia: Como Nasce a Poesia


























Como Nasce a Poesia

Como nasce a Poesia?
Acredito como os elefantes.
Com trombas bem grandes,
Contudo, da vida.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Poesia: Perfume da Dúvida













Perfume da Dúvida

Fica no ar um perfume.
Um olhar de desconfiada
Que a mente confunde.
Uma dúvida perfumada!.

Jorge Jacinto da Silva Jr.







29 de jun de 2015

Poesia: Desconfiança













Desconfiança

Sempre desconfiado!
Um olho aberto,
Outro fechado.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






Poesia: Engano














Engano

Ouvi um "Eu te Amo!..."
Olhei para trás e já
Era tarde demais.
Ao coração,
Mais um engano.

Jorge Jacinto da Silva Jr.