1 de out de 2010

Poesia: Até Quando Esperar (clique na imagem para ampliar)



ATÉ QUANDO ESPERAR - comentários do autor

Cada pessoa tem uma sensibilidade própria para perceber o tempo. O ato da espera pode ser cansativo, contudo vale muito mais os motivos dessa espera. Se você realmente ama, a qualidade de persistência é uma forte companheira e suporte nos momentos mais difíceis de solidão.

Abraços,
Jorge.

3 comentários:

  1. Realmente Jorge.
    Taí uma verdade.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Jorge,

    Obrigada pela visita ao meu blog.
    Adorei o seu espaço, parabéns!
    É maravilhoso encontrar poetas pelo caminho...

    Um abraço,
    Lígia

    ResponderExcluir
  3. adorei seu blog e compartilhei alguns do seus poemas
    venha visitar meu blog bjs
    http://periperigosasensual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir