5 de out de 2011

Poesia: REFLEXO INFINITO







Reflexo Infinito

Volta sobre si mesmo; reflexivo.
Este amor que sobrepõe barreiras.
Mostra-se relutante e verdadeira
Prática de seu perceber no coração.

É carinho sagaz provado à pele,
No despertar de lindas lembranças.
Comporta meus anseios quando se lança
Ao meu corpo com descontrolada emoção.

Se este Amor confesso, fosse definido,
Nada de muito complexo deveria ser.
Talvez comunhão próxima do que sinto.

Assim, nos completamos por inteiros.
Postos frente a frente como espelhos, vivo,
A refletir a eternidade neste sentir infinito.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior


REFLEXO INFINITO - comentários do autor
Faz algum tempo que estava querendo escrever algo utilizando a qualidade dos espelhos postos frente a frente refletir a eternidade. Acho este efeito muito reflexivo e inspirador, muito simbólico quanto a essência doque o amor deveria ser.

Abraços,
Jorge.

"Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata...."

Carlos Drummond de Andrade

CARTÃO POESIA
(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)


Um comentário:

  1. Olá jorge!
    Não sei se você vai lembrar de mim, eu era a dona do blog guerra dos mundos...mas vim aqui te avisar que infelizmente o google deletou minha conta, não sei porque, e perdi meus blogs...agora estou recomeçando em outro link e vim aqui deixar caso vc queira visitar!
    Bjs, paz e boa semana!
    http://artesanatoeideiasleka.blogspot.com/

    ResponderExcluir