23 de abr de 2014

Poesia: Chuva
















Chuva

Chuva molha meu corpo.
Lava minha alma
Desavergonhada de verdades.

Chuva na pele nua,
Faz-me ser sua.
Chuva pura.

Sua liberdade.



Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.





Nenhum comentário:

Postar um comentário