22 de jul de 2014

Poesia: Era uma vez...




















Era uma vez...

Um curioso que percebeu um dia...
Que descobriu a mais rica alegria,
Onde nunca imaginou em ter.

Seus olhos encheram-se de afeto,
Talvez com o final do ano mais perto,
Pode sentir pleno este renascer.

Sua consciência agora iluminada,
Abriu novas trilhas em velhas estradas,
Mostrando-lhe que tudo tem solução,
Quando o viver é sincero no coração.

Mas claro, é preciso um impulso de vontade...
E não aguardar acomodado que este ano acabe,
Para se tornar uma pessoa muito melhor em tudo,
E com isso criar uma Nova Vida em Novo Mundo.

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário