20 de out de 2014

Poesia: Eterno Amor














Eterno Amor

Amor, corpo eterno.
Espaço à pele, zero.
Vivo agora Feliz!

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário