7 de mar de 2015

Poesia: Brilho de Mulher


















Brilho de Mulher

Brilha aos olhos um brilho diferente
Que empolga uma vida cansada
Acalma temores sem falar nada
Faz-se todos os dias lindo presente

Feita joia rara de única riqueza
Parte de tudo que não há explicação
Qualquer seria pouca toda definição
Para revelar simples sua real beleza

Calada algumas vezes em lágrimas
Contudo jamais renega seus desafios
Que a vida por vezes lhe faz passar

Honesta com seus sentimentos
Encanta-me este brilho que assim
Distante fico aqui a admirar

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Nenhum comentário:

Postar um comentário