9 de jun de 2015

Poesia: Silenciar










Silenciar

Quantas vezes for preciso,
Evite momentos inutilmente tensos
Mesmo que a tarefa seja difícil
É necessário reservar o silêncio.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Nenhum comentário:

Postar um comentário