29 de set de 2015

Poesia: Dores do Mundo














Dores do Mundo 

Muitas vezes vem a ser inevitável
Aprendermos a nos tornar nulos, 
Visto que, não é nada saudável 
Assumir todas as dores do mundo.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






Nenhum comentário:

Postar um comentário