17 de set de 2015

Poesia: Sem Asas




















Sem Asas 

Mas o que é o perigo
Para quem sozinho 
Solta-se de suas amarras
E acostuma sem medo
A voar pelo mundo sem asas?


Jorge Jacinto da Silva Jr.


Nenhum comentário:

Postar um comentário