9 de set de 2015

Poesia: Sonhe meus Sonhos





















Sonhe meus Sonhos

Não sou tão forte quanto imagina,
Disso eu não fujo nem me omito.
Sonhe portanto meus sonhos,
E entenderá porque respiro!

Jorge Jacinto da Silva Jr.








Nenhum comentário:

Postar um comentário