16 de out de 2015

Poesia: Invenção do Tempo
















Invenção do Tempo 

E vive-se nesta ambiguidade 
O homem na existência tão ingênuo, 
Não satisfeito com sua liberdade 
Inventou para si a prisão do tempo. 

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário