26 de out de 2015

Poesia: Meus Controles



















Meus Controles 

Controlo todas minhas vontades 
Por vezes não me controlando 
Deixando-me viver sem culpa
Na simplicidade desta vida bruta
Assim pouco mais me amando.

Jorge Jacinto da Silva Jr.













Nenhum comentário:

Postar um comentário