25 de jan de 2016

Poesia: Defeitos

























Defeitos

Quando aos olhos se vem,
Em um observar mais atento,
Percebe-se sem esforços que
De perto tudo e todos tem,
Pelo menos um sutil defeito.

Jorge Jacinto da Silva Jr.








Nenhum comentário:

Postar um comentário