16 de fev de 2016

Poesia: Eremita














Eremita 

Amo apenas sendo um coração,
Assim meu amor é quase saudade.
Seria minha dor se eu não me amasse,
Mesmo vivendo em mim esta solidão.

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Nenhum comentário:

Postar um comentário