7 de jun de 2017

Poesia: Flor e Espinho


























Flor e Espinho

Do amor bandido
Ele me deixou a dor
Como se eu fosse flor
E ele meus espinhos

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário