21 de out de 2010

Poesia: Sonhos Irreais (clique na imagem para ampliar)



SONHOS IRREAIS - comentários do autor

As decepções amorosas sempre são um grande problema a ser resolvido, justamente, por virem acompanhadas de muitos outros elementos, os quais naturalmente, são um veneno fatídico para o coração. Tristeza, falta de auto-estima, raiva, desilusões, projeções derrubadas, sonhos desfeitos, são ferramentas que agem como uma grande marreta na grande muralha que são nossos sentimentos. Todavia, sempre temos que buscar forças para em nosso interior, por mais escondido que esteja, busquemos a real essência de vida que carregamos desde nossa geração. Lá vive as respostas para todas as questões que nos paralisa ao recomeço. Este é um "algo certo" e te espera! Livre-se do passado que te prende às fotos amareladas, e vá em busca de sua verdadeira felicidade.

Abraços,
Jorge.

8 comentários:



  1. O passado tem que ser traduzido no futuro que se apresenta.
    Perdas são necessárias.

    Inda bem que este sonho não é REAL!

    Abraço-tchê!

    ResponderExcluir
  2. vim conhecer o seu trabalho e gostei, vc é competente! abço

    ResponderExcluir
  3. Oi! Vim retribuir a visita no Borboletando Poesia. Parabéns pelo blog e pelos textos. Abraços cheios de poesia pra ti!

    ResponderExcluir
  4. O amor, seja idealizado, seja realizado, sempre é matéria prima do poeta... lindo texto.

    ResponderExcluir
  5. Oiee Jorge, eu ja sou sua seguidora a algum tempo
    Gosto muito do que escreves.
    Da uma passadinha la no meu e conheça as minhas escritas também.
    Beijosssss

    ResponderExcluir
  6. Escreve muito bem, parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  7. Escreve muito bem, parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir