7 de fev de 2011

Poesia: O que Seria?...




O QUE SERIA?... 

O que seria do dia sem à noite
Do profeta... sem a profecia
Do céu... sem as estrelas
Do poeta... sem a poesia

O que seria do mar sem a água
Da alegria... sem a tristeza
Da vida... sem a magoa
Do mundo... sem a beleza

O que seria do certo sem o errado
Do sim... sem o não
Do distante... sem o que esta perto
Do amor sem a solidão

O que seria do belo sem a vaidade
Da resposta... sem um porque
Do presente... sem a saudade
E o que seria de mim sem você.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior



COMENTÁRIO DO AUTOR

Este faz parte de meus primeiros poemas. Estou tentando catalogá-los para não perdê-los como tantos. No meio de tantas mudanças, muitos infelizmente, acabaram ficando em algum lugar perdido.
É um poema bem simples, mas existem talvez, mais coisas belas na simplecidade doque na complexidade do entendimento humano.

Abraços,
Jorge.


CARTÃO POESIA
(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)

4 comentários:

  1. o blog é uma das melhores maneiras de salvarmos o trabalho, Jorge. Continue publicando, assim nada mais se perderá!
    Um abraço e obrigada pela visita ao "poesia pura"...

    ResponderExcluir
  2. E o que seria da poesia sem o Jorge?
    rs,...
    Lindo poema Amigoooo

    ResponderExcluir
  3. O que seria da musica sem as notas musicais? Uma a uma formam um todo! Teu poema mostra que nenhuma coisa é independente ou isolada, mas que tudo depende de outro e mais outro para se completar. O tudo é que forma o todo!

    ResponderExcluir