11 de abr de 2014

Poesia: Contar de Estrelas



















Contar de Estrelas

Vejo aquela menina pequena,
Numa aprazível brincadeira.
O contar de estrelas.

Pode ser algo infinito
Mas é na inocência deste ato

Que o torna mais bonito.

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário