26 de mar de 2015

Poesia: O Tempo, Tempestade e Temperança













O Tempo, Tempestade e Temperança

Parece ontem 
Todavia eterno 
Porém já passou

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário