27 de abr de 2015

Poesia: Jardim das Sensações











Jardim das Sensações

Observava a textura das folhas.
A Menina sozinha e calada,
Atenta não via nada,
Somente borboletas pousarem.

Jorge Jacinto da Silva Jr.



Nenhum comentário:

Postar um comentário