17 de ago de 2015

Poesia: Abster-se





















Abster-se

Vivo em meu viver.
Penso em não pensar.
Quem sabe consiga assim,
Ao mundo entender.

Jorge Jacinto da Silva Jr.











Nenhum comentário:

Postar um comentário