29 de fev de 2016

Poesia: Desonesto


















Desonesto

Fica algo menos indigesto!
Se não pode ser sincero
Nesse negócio de sentir,
Seja pelo menos honesto,
E deixe-me viver enfim.

Jorge Jacinto da Silva Jr.







Nenhum comentário:

Postar um comentário