3 de mar de 2016

Poesia: Vitima

























Vitima

Sou um pouco assim...
Uma vitima inocente.
Só me isolo quando
Tenho pena de pena de mim.
Ou seja, sempre!

Jorge Jacinto da Silva Jr.





Nenhum comentário:

Postar um comentário