21 de nov de 2016

Poesia: FILTRO























Filtro

Aqui não há fuga!
Vivemos em um mundo
Completo de absurdos
Que nos atinge em tudo.
Não há como mudar,
No entanto cabe a nós,
Os responsáveis únicos 
Por nos deixar cobrar 
Pelo que em nós 
Deixamos afetar.

Jorge Jacinto da Silva Jr.






Nenhum comentário:

Postar um comentário