24 de nov de 2016

Poesia: Outros Olhos

























Outros Olhos

Quando se aprende a amar
Há uma beleza diferente nos olhos,
Pois algo íntimo em nós se confirma.
Perde-se a beleza do óbvio.
Não que o amor não seja belo,
Mas se descobre que não é feito
Somente de pessoas bonitas.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário