25 de abr de 2017

Poesia: Dissabores


























Dissabores

Não é ser
desconfiado,
Mas até o doce,
De tão doce
fica amargo!

Jorge Jacinto da Silva Jr.






Nenhum comentário:

Postar um comentário