7 de jul de 2015

Poesia: Não Minto













Não Minto

Quando fico calada
E não digo nada
Do que não merece ouvir.

Jorge Jacinto da Silva Jr.




Nenhum comentário:

Postar um comentário