30 de mar de 2015

Poesia: Lírios de Liras





















Lírio de Liras

Este lírio sozinho na beira do rio,
Vem a minha memória
Como música de liras
Tocada talvez por anjos
Para meus devaneios.
Canto, dê-me lírios a meus Delírios...
Lírios os quais no caminho
Trazem consigo o silêncio humilde
Do saber completar o singelo.
A sabedoria está no entregar-se 
E este lírio solitário,
O qual mesmo sozinho
Contempla a beleza da paisagem.
E por si se completa, e é lindo.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.






Nenhum comentário:

Postar um comentário